Guarani empata e complica vida do Juventus

Time campineiro sofre empate aos 47 do segundo tempo, mas comemora resultado

Agência Estado

29 de março de 2008 | 17h36

O Guarani ainda se manteve com chances de escapar do rebaixamento no Campeonato Paulista ao empatar com o Juventus, por 2 a 2, neste sábado à tarde, na Rua Javari, em São Paulo. Este foi o segundo ponto conseguido pelo time campineiro fora de casa em dez jogos e o deixou com 16 pontos, ainda dentro da zona de rebaixamento. O Juventus, com 17 pontos, está em 16.º lugar, ainda seriamente ameaçado pelo descenso.  Veja também: Classificação Resultados e calendário  Juventus 2Jonatas; Valdir (Gazarotto), Dedimar, Valdo e Anderson Luis; Fernando Miguel, Cadu    , Kanu e Márcio Sena (Marcus Vinicius); Naves     (Fernando Diniz) e Lima. Técnico: José Carlos Fescina.  Guarani 2Gisiel; Maranhão (Robinho), Danilo Silva, Diego e Alessandro    ; Roger Bernardo, Lucas (Vitor Rossini    ), Marcinho e Andrezinho (Paulo Santos    ); Henrique e Cris    . Técnico: Jair Picerni. Gols: Kanu, aos 3 minutos do 1.º tempo. Henrique aos 11 e aos 35; e Dedimar, aos 47 minutos do 2.º tempo.Árbitro: Milton Etsuo Ballerini Renda: R$ 34.410,00 Público: 2.559 pagantesEstádio: Rua Javari, em São Paulo (SP).A definição ficou para a última rodada, quando o Juventus vai enfrentar o São Paulo, no Morumbi, e o Guarani vai receber o Rio Preto, em Campinas, não dependendo apenas de suas próprias forças para evitar a queda à Série A-2. Pelas circunstâncias, o empate foi mais comemorado pelo Guarani, que atuou desde o primeiro tempo com um jogador a menos, depois da expulsão do atacante Cris.  O Juventus saiu na frente logo aos três minutos, num lance desastrado do zagueiro Danilo Silva. Na pequena área ele chutou em cima das pernas de Kanu e a bola entrou: 1 a 0. E o time da casa teve mais três chances de matar o jogo no primeiro tempo, uma vez que dominou as ações após a expulsão de Cris, aos 27 minutos. O Guarani virou o jogo no segundo tempo na base da garra, com dois gols de Henrique. Aos 11 minutos ele desviou de cabeça e aos 35 minutos quando dividiu com o goleiro e a bola sobrar para o chute final. O Juventus empatou, aos 47 minutos, numa cobrança de falta na frente da área. O experiente Dedimar bateu com efeito, fora da barreira.

Tudo o que sabemos sobre:
GuaraniPaulistão A-1Juventus

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.