Guarani encara o São Paulo e luta contra dois tabus

Para encerrar o jejum de vitórias fora de casa no Campeonato Brasileiro, o Guarani terá de encerrar outro tabu contra o São Paulo. Quando entrar em campo, nesta quarta-feira, às 19h30, o time terá de superar a marca de 13 anos sem vencer o rival. O duelo, válido pela 24.ª rodada do Campeonato Brasileiro, acontecerá no Morumbi.

AE, Agência Estado

22 de setembro de 2010 | 08h06

A última vitória sobre o São Paulo aconteceu no dia 18 de maio de 1997, pelo Campeonato Paulista. Na oportunidade, o clube campineiro venceu por 2 a 0, no Brinco de Ouro, com gols do atacante Gilson e do meia Paulo Isidoro. De lá para cá, as duas equipes se enfrentaram em outras 22 oportunidades. São 15 vitórias tricolores e sete empates. O time são-paulino anotou 48 gols e sofreu 27. No último duelo, pelo primeiro turno do Brasileirão, houve empate sem gols, em Campinas.

O problema é que atuando como visitante neste Brasileirão, o Guarani não vence há oito jogos, sendo três empates e cinco derrotas. A última vitória aconteceu no dia 3 de junho, quando bateu o Vasco por 1 a 0, em São Januário. Na rodada passada, empatou sem gols contra o Santos, em casa, mas se manteve em situação confortável, com 30 pontos, na décima posição.

Sem poder contar com dois de seus principais jogadores, o volante Renan e o atacante Mazola, o técnico Vágner Mancini deve retomar o esquema 3-5-2. Os dois jogadores não poderão ir a campo por questões contratuais, já que pertencem ao time do Morumbi.

No último treino antes do duelo, nesta terça, o treinador escalou a defesa com Fabão, Ailson e Aislan. Com isso, quem perderia vaga na equipe seria o atacante Geovane. No meio de campo, Maycon, deve ser o titular.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCampeonato BrasileiroGuarani

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.