Guarani encerra contratações

O elenco do Guarani está fechado para o Campeonato Paulista 2001. Quem garante é o presidente do clube, José Luiz Lourencetti. Apesar de afirmar que todos os jogadores do clube são "negociáveis", ele só admite vender alguém após a competição. "Sei de muitos observadores que estão de olho em nossos jogadores, mas ninguém vai sair antes do término do campeonato", prometeu o dirigente.Lourencetti disse que olheiros do Las Palmas, da Espanha, estão acompanhando o rendimento do meia Luiz Fernando Martinez. Outros que teriam despertado o interesse do clube espanhol são os zagueiros Edu Dracena e Gláuber, campeões sul-americanos pela seleção brasileira sub-20, e que estariam sendo observados por clubes alemães e japoneses.A última contratação do clube foi o meia-ofensivo Henrique, de 25 anos, emprestado junto ao América Mineiro. O jogador nasceu em Natal, no Rio Grande do Norte, e começou a carreira no ABC de Natal, passando depois por Sergipe e Londrina. Com baixa estatura (1,68 m), confirmou que não é um matador como esperava o técnico Carlos Alberto Silva. "Meu forte é a velocidade", explicou o atacante, inscrito na FPF com o número 28. Henrique fez exames médicos, assinou contrato e retornou para Belo Horizonte para resolver detalhes de sua transferência, tanto que ele não será aproveitado na partida contra o São Caetano, domingo, em Campinas. A diretoria pretendia confirmar a contratação de outro lateral-esquerdo, mas acabou perdendo a disputa por Luciano, do Caxias-RS, que assinou com a Ponte Preta, seu maior rival.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.