Guarani ganha mais dois desfalques

O que era para ser um simples treino para confirmar o time do Guarani se transformou numa grande dor de cabeça para o técnico Barbieri. Ele perdeu mais dois jogadores para o jogo contra o Fortaleza, domingo à tarde, na capital cearense, pelo Campeonato Brasileiro. O lateral-esquerdo Gilson, com fortes dores musculares, e o meio-campista Reinaldo, com entorse no tornozelo direito, foram vetados pelo departamento médico.O curioso é que ambos seriam os substitutos naturais dos titulares Alex e Simão, que vão cumprir suspensão automática. O primeiro por ter três cartões amarelos e o segundo pela expulsão na vitória de 5 a 3 sobre o Flamengo. O técnico, porém, encarou tudo com naturalidade, procurando definir os novos titulares no próprio treinamento. Paulo Henrique, terceiro reserva, vai entrar na lateral-esquerda. Será sua primeira apresentação no Brasileiro. Desde que foi contratado no início da temporada ele atuou apenas uma vez, ainda pelo Campeonato Paulista, contra o União Barbarense. No meio-de-campo vai entrar o volante Rafael.No meio de tantas notícias ruins, uma agradou Barbieri: o jogo está confirmado para o Castelão e não mais no acanhado estádio Presidente Vargas. "Será um problema a menos, porque jogar no Presidente Vargas é fogo", comentou o treinador.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.