Guarani já começa a pensar na Série B

A derrota para o Corinthians, na quinta-feira, antecipou o processo de renovação do elenco do Guarani, já pensando na disputa da Série B do Brasileiro. O primeiro jogador a deixar o clube é o centroavante Nilson Sergipano, que rescindiu seu contrato nesta sexta.Nilson Sergipano chegou a entrar no segundo tempo do jogo contra o Corinthians e, segundo o técnico Jair Picerni, perdeu duas boas chances de gol. O atacante, vinculado ao Corinthians de Alagoas, não gostou das críticas e resolver deixar o Guarani - ele já teria duas propostas para defender clubes na Série B do Brasileiro.A comissão técnica do Guarani ainda tinha esperança de ir mais longe no Campeonato Paulista, mas, como o time estacionou nos 20 pontos, em 13º lugar, a diretoria já resolveu tomar as primeiras providências de olho na Série B. O presidente José Luiz Lourencetti reafirmou o desejo de manter o técnico Jair Picerni até dezembro, mesmo com seu alto salário, atualmente de R$ 60 mil - a partir de maio, o valor passa a ser de R$ 80 mil mensais.Para o jogo contra o América, domingo, em Rio Preto, a novidade será o retorno do zagueiro Paulo André, que cumpriu suspensão automática. Ele deve ocupar a vaga de Juninho. O meia Tucho, com três cartões amarelos, ficará de fora e pode ser substituído pelo meia Adrianinho ou pelo volante Roberto.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.