Guarani joga nos erros do América-MG

O Guarani estréia na Copa Brasil 2002 diante do América Mineiro, nesta quarta-feira, às 20h30, no Estádio Independência, em Belo Horizonte. A principal arma do time será o estilo de jogo armado pelo técnico Zé Mário, que mantém a cautela e joga sempre nos erros do adversário. Mas Zé Mário não admite comentários de que seu time é defensivo. "No futebol moderno o jogador precisa ter condições de marcar e também de ir ao ataque. É o que fazemos com o Guarani", justifica o técnico.Este estilo foi adotado pelo técnico no ano passado, e conseguiu vitórias suficientes para livrar o Guarani do rebaixamento no Campeonato Brasileiro. Funcionou bem, principalmente quando atuou em casa. Na estréia no torneio Rio-São Paulo não foi diferente - o Guarani venceu o Bangu por apenas 1 a 0 em Campinas, domingo. O time foi confirmado após o técnico-tático realizado hoje. O desfalque de última hora é o atacante Léo, com uma lesão no músculo adutor da coxa direita, que nem seguiu com a delegação para a capital mineira. Em seu lugar entra outro garoto Daniel Vitor que disputou a Copa São Paulo de Juniores. O aproveitamento de Rafael Silva, também do juniores, foi descartado, pois o jogador precisa estar em melhores condições físicas. O recém-contratado Zé Afonso, de 31 anos, ainda não está inscrito porque existe uma pendência contratual que está sendo resolvida. O Guarani volta a participar do Rio-São Paulo contra o Flamengo, sábado, no Maracanã, no Rio de Janeiro. Este jogo, inicialmente marcado para a tarde, foi transferido para a noite.

Agencia Estado,

22 de janeiro de 2002 | 15h05

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.