Guarani lamenta erros de arbitragem

O empate por 2 a 2 com o Vitória, na última quarta-feira, ainda não foi bem digerido pelo técnico Barbieri, do Guarani. Depois de estar perdendo por 2 a 0, o time de Campinas reagiu, conseguiu o empate e só não saiu de campo com os três pontos, segundo o treinador, por causa do árbitro Paulo Henrique Bezerra, que não marcou dois pênaltis para os donos da casa."Tivemos um poder de reação muito grande. Conseguimos o empate e, graças ao juiz, não pudemos ter uma alegria completa ao sair do Brinco com a vitória. Infelizmente, perdemos uma boa chance de nos aproximarmos dos líderes", lamentou o técnico Barbieri.O treinador do Guarani, inclusive, já começou a pensar no time que enfrenta o Corinthians sábado, às 16 horas, no estádio do Pacaembu. Sem poder contar com o meia Marquinhos, que se recupera de uma lesão muscular, Barbieri perdeu também o zagueiro Paulão e o meia Simão, que receberam o terceiro cartão amarelo. Os substitutos prováveis devem ser Juninho e Reinaldo. Além deles, o meia Alex, que deixou o campo machucado, ainda é dúvida.

Agencia Estado,

17 de julho de 2003 | 16h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.