Guarani mantém foco para superar o ABC e buscar o título da Série C do Brasileiro

'É importante carimbar minha passagem pelo clube com uma grande conquista', diz Chamusca

Estadão Conteúdo

14 Outubro 2016 | 19h37

O Guarani começa a disputar as semifinais do Campeonato Brasileiro da Série C neste domingo, quando enfrenta o ABC, às 21 horas (de Brasília), no estádio Frasqueirão, em Natal. Para o técnico Marcelo Chamusca, após obter o acesso para a Série B em 2017, o objetivo é manter o foco e dar a devida importância ao título da competição. O jogo de volta vai acontecer em Campinas (SP), no próximo dia 23.

"Atingimos um objetivo e vamos buscar este título inédito para o Guarani. Para mim, pessoalmente, também é importante carimbar minha passagem pelo clube com uma grande conquista", disse o técnico Marcelo Chamusca, que já recebeu por parte do clube a demonstração de sua permanência para a próxima temporada.

Mas o técnico garante que agora só pensa nos jogos semifinais contra o ABC, que podem abrir o caminho para a disputa do título. O Guarani já foi campeão da Série A, em 1978, e da Série B, em 1981. Pode ser o primeiro clube a ser campeão das três principais divisões nacionais.

DÚVIDA - Os treinos desta sexta-feira foram realizados sem a presença do meia Renatinho, poupado com um desconforto muscular. Não deve ser problema para o jogo. Mas se for vetado, então Marcinho entra em seu lugar. O restante do time deve ser o mesmo que venceu o ASA por 3 a 0, nas quartas de final. A delegação segue para Natal neste sábado.

Nos treinos do ABC, o técnico Geninho tem indicado que não deve promover surpresas e fará apenas as alterações necessárias para suprir ausências. Ele não vai contar com o atacante Nando e o volante Anderson Pedra, suspensos. Caio Mancha deve ficar com a vaga disponível no ataque e Márcio Passos, que atuou na lateral esquerda na vitória sobre o Botafogo-SP por 1 a 0, será deslocado para a contenção do meio de campo.

Para ocupar o espaço de Márcio Passos pelo lado esquerdo, o lateral Alex Ruan volta a ficar disponível. O goleiro Edson tem treinado em separado por conta de dores no tornozelo, mas deve ir para o jogo. Outro jogador que volta para reforçar a defesa é o zagueiro Léo Fortunato.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.