David Oliveira / Guarani
David Oliveira / Guarani

Guarani marca no fim e impõe primeira derrota ao Santo André no Paulistão

Equipe de Campinas segue em segundo no grupo do Corinthians, na zona de classificação para o mata-mata

Redação, Estadão Conteúdo

02 de fevereiro de 2020 | 22h15

O Guarani impôs a primeira derrota ao Santo André no Campeonato Paulista. Neste domingo, com gol aos 48 minutos do segundo tempo, o time campineiro venceu por 2 a 1, no estádio Brinco de Ouro, pela quarta rodada. Rafael Costa e Bidu marcaram, enquanto Ramon descontou para o visitante.

O resultado manteve o Guarani na zona de classificação à próxima fase. A equipe de Campinas tem sete pontos, empatada com o Corinthians, no Grupo D, em todos os critérios de desempate. O Santo André começou a rodada como único time com 100% de aproveitamento. Mesmo conhecendo a primeira derrota, lidera o Grupo B, com nove pontos.

O Guarani aproveitou a estratégia do Santo André de jogar mais posicionado no campo de defesa para tomar conta do primeiro tempo desde o início. Logo aos quatro minutos, Romércio subiu livre, mas testou para fora, na primeira chance do time campineiro. Aos poucos, os visitantes conseguiram fechar os espaços, deixando o Guarani com a bola, mas sem oportunidade de finalização.

O gol veio em uma escapada de Todinho, que terminou com puxão de Rodrigo em cima do atacante: pênalti. Na cobrança, aos 24 minutos, Rafael Costa não deu chances para Fernando Henrique.

Depois de ficar atrás do marcador, o Santo André começou a se soltar. O empate veio aos 34, em jogada de bola parada. Depois de desvio pelo alto, Ramon apareceu dentro da pequena área para completar. Na sequencia, Rondinelly assustou Jefferson Paulino em chute de fora da área.

O Santo André tentou aproveitar o bom momento no final do primeiro tempo para surpreender o Guarani após o intervalo. Dudu Vieira apareceu na área duas vezes, em sequência, para finalizar, mas perdeu boas oportunidades.

O Guarani teve dificuldades para retomar a superioridade, enfrentando problemas do meio para frente e para quebrar o toque de bola do adversário. Mesmo assim, já debaixo de muita chuva, o time da casa chegou e obrigou Fernando Henrique a trabalhar aos 21 minutos. Primeiro, o veterano defendeu com dificuldade chute de fora da área de Bruno Sávio, que desviou na defesa. Rafael Costa chegou primeiro que a marcação no rebote e o goleiro, com os pés, mandou para escanteio.

O duelo ficou aberto e Fernando Henrique teve que trabalhar novamente. Pablo arriscou e o goleiro mandou para escanteio. Quando o camisa 1 não podia fazer nada, restava torcer. Foi assim em finalização colocada de Bruno Sávio, que desviou na marcação e passou bem perto da meta.

No final, aproveitando o recuo do Santo André, o Guarani tentou pressionar. Justamente no último lance saiu o gol da vitória. A defesa do time visitante cortou parcialmente cobrança de escanteio e Bidu ficou com a sobra. O jovem arriscou, contou com desvio no meio do caminho e marcou, aos 48 minutos.

O Guarani joga contra o Oeste, na próxima sexta-feira, às 19h15, na Arena Barueri. O Santo André tem confronto contra o Criciúma, na quarta-feira, às 16h30, no Bruno José Daniel, pela Copa do Brasil. No domingo, pelo Paulistão, o adversário será o São Paulo, às 18 horas, no mesmo local.


FICHA TÉCNICA

GUARANI 2 X 1 SANTO ANDRÉ

GUARANI - Jefferson Paulino; Pablo, Romércio, Bruno Silva e Bidu; Deivid, Eduardo Person (Cristovam), Igor Henrique e Bady (Bruno Sávio); Júnior Todinho e Rafael Costa (Mateusinho). Técnico: Thiago Carpini.

SANTO ANDRÉ - Fernando Henrique; Ricardo Luz, Luizão, Rodrigo e Marlon; Paulo Vinícius, Dudu Vieira e Rondinelly (Vitinho Mesquita); Branquinho (Douglas Baggio), Ramon (Ronaldo) e Garré. Técnico: Paulo Roberto Santos.

GOLS - Rafael Costa, aos 24, e Ramon, aos 34 minutos do primeiro tempo. Bidu, aos 48 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Douglas Marques das Flores.

CARTÕES AMARELOS - Romércio, Bady e Alemão (Guarani)

RENDA - R$ 54.705,00.

PÚBLICO - 3.501 pagantes.

LOCAL - Estádio Brinco de Ouro, em Campinas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.