Rui Santos/ Paraná Clube
Rui Santos/ Paraná Clube

Guarani marca no fim, supera o Paraná e sonha com o G-4 da Série B

Renazinho, aos 49 minutos do segundo tempo, garante o triunfo por 2 a 1, fora de casa

Redação, Estadão Conteúdo

24 de novembro de 2020 | 20h02

Com um gol de Renanzinho aos 49 minutos do segundo tempo, o Guarani encerrou o jejum de quase três meses sem vitória fora de casa ao ganhar do Paraná por 2 a 1, nesta terça-feira, no estádio Durival de Britto, pela 23ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

A segunda vitória seguida faz o Guarani chegar aos 31 pontos e sonhar com o acesso à elite. O time já é o décimo colocado. Por outro lado, o Paraná ampliou o jejum para cinco jogos - todas sob o comando de Rogério Micale - e estacionou nos 29 pontos.

O primeiro tempo foi morno na capital paranaense, mas o Guarani mereceu a vitória parcial, pois havia criado duas boas chances antes de abrir o placar aos 32 minutos. Bidu chutou forte de fora da área e contou com a contribuição do goleiro Alisson.

O Paraná chegou a empatar na sequência com Matheus Matias, mas a bola desviou em Thiago Gomes, que estava impedido. O gol foi anulado. Ainda no primeiro tempo, Murilo Rangel soltou a bomba em cobrança de falta e só não ampliou para o Guarani porque a bola explodiu na trave.

Na volta do intervalo, Lucas Crispim recebeu dentro da área e tentou o passe para Júnior Todinho ao invés de chutar, desperdiçando boa oportunidade. Aos poucos, o Paraná foi pressionando o visitante. Andrey assustou em chute rasteiro de fora da área.

Aos 22 minutos, Wandson recebeu longo lançamento de Fabrício e chutou rasteiro no canto de Gabriel Mesquita, deixando tudo igual. A virada paranista só não veio na sequência porque Bruno Lopes furou quase dentro da pequena área após passe rasteiro de Andrey.

A partida ficou aberta nos minutos finais com os dois times buscando a vitória. Bruno Lopes recebeu bom passe de Léo Castro e mandou por cima. Aos 49 minutos, Rafael Costa dividiu com o zagueiro dentro da área e cruzou rasteiro para Renanzinho, na pequena área, desviar para tirar de Alisson e dar a vitória ao Guarani.

O Paraná volta a campo na sexta-feira, contra o Operário, às 19h15, no estádio Germano Krüger, em Ponta Grossa (PR). No sábado, o Guarani recebe a líder Chapecoense, às 21 horas, na Arena Condá. Os jogos são válidos pela 24ª rodada.

FICHA TÉCNICA:

PARANÁ 1 x 2 GUARANI

PARANÁ - Alisson; Paulo Henrique, Rafael Lima, Fabrício e Jean Victor; Jhony Douglas (Luan), Wandson (Léo Castro), Karl e Renan Bressan (Vitinho); Matheus Matias (Bruno Lopes) e Thiago Alves (Andrey). Técnico: Rogério Micale.

GUARANI - Gabriel Mesquita; Cristovam, Romércio, Wálber e Bidu (Eliel); Marcelo, Murilo Rangel (Arthur Rezende), Lucas Crispim (Rickson) e Giovanny; Bruno Sávio (Renanzinho) e Júnior Todinho (Rafael Costa). Técnico: Felipe Conceição.

GOLS - Bidu, aos 34 minutos do primeiro tempo. Wandson, aos 22, e Renazinho, aos 49 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Jean Victor, Rafael Lima, Luan e Jhony Douglas (Paraná); Bidu, Wálber, Lucas Crispim, Rickson e Romércio (Guarani).

ÁRBITRO - Alexandre Vargas Tavares de Jesus (RJ).

LOCAL - Estádio Durival de Britto, em Curitiba (PR).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.