Guarani muda ataque contra Juventude

Depois de três dias de trabalho, o técnico Zetti comandou nesta quinta-feira à tarde o primeiro coletivo no Guarani. Não só motivou o grupo de jogadores como anunciou uma mudança no ataque, onde o garoto Jônatas terá a chance de iniciar o jogo diante do Juventude ao lado do experiente Viola, domingo, em Caxias do Sul, pelo Campeonato Brasileiro. A mudança foi justificada pelo técnico como necessária para solidificar o esquema 4-4-2 e, principalmente, porque Jônatas, segundo ele, "é um atacante de velocidade, que pode ser importante na saída de bola e nos contra-ataques". O garoto, de 19 anos, vinha sendo preparado por Joel Santana, tendo participado de alguns jogos. Mas só agora ganha a oportunidade de ser titular. "Estou achando ótimo e estou confiante", garantiu o novo titular. Quem saiu do time é o meia Harrison, que na derrota por 1 a 0 para o Corinthians, atuou mais adiantado. Outra mudança acontece no meio-de-campo: Sidney reaparece depois de cumprir três jogos de suspensão ainda por sua expulsão na abertura da competição, contra o Coritiba. Ele entrará na vaga de Roberto, que recebeu o terceiro cartão amarelo. Para Zetti, "o time reagiu bem? ao esquema 4-4-2. ?Também é o que prefiro." A sua expectativa é de que os jogadores se superem para que o Guarani melhore sua posição no Brasileiro. Até agora, em seis jogos, perdeu três, empatou dois e venceu apenas um. Soma cinco pontos, ocupando a 19ª posição.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.