Guarani não muda para enfrentar Criciúma

Invicto no returno do Campeonato Brasileiro, o Guarani considerou bom o empate por 2 a 2 com o Atlético Mineiro, quinta-feira, no Brinco de Ouro, em Campinas. Mas espera voltar a vencer diante de sua torcida contra o Criciúma, domingo à tarde, de novo, em Campinas. O técnico Barbieri aprovou o time e já antecipou que não fará nenhuma mudança.Pela primeira vez no comando do Guarani, o técnico foi vaiado pela torcida por causa das substituições promovidas apenas no final do segundo tempo. Ele tirou o lateral-esquerdo Gilson para a entrada do meia Dinelson, deslocando o meia Alex, melhor em campo, para a lateral. "Simplesmente a mudança não funcionou porque o adversário se armou bem na defesa", justificou o técnico, que antes do jogo tinha sido efetivado pela diretoria. Ele assumiu o cargo interinamente na 16ªrodada, após a saída de José Macia, o Pepe, que foi para o futebol árabe. Em 12 jogos, tem bom retrospecto: 5 vitórias, 4 empates e 3 derrotas.Sem tempo para treinar, os jogadores realizaram apenas atividades físicas nesta sexta-feira à tarde e farão um tático sábado cedo. Mas o time já está confirmado, com dois volantes e dois meias. O Guarani é 11º colocado, com 37 pontos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.