Guarani obtém a primeira vitória no Brinco

O Guarani, finalmente, venceu em casa no Campeonato Brasileiro. Neste domingo à tarde, no Estádio Brinco de Ouro da Princesa, fez 1 a 0 sobre o Paraná, com Viola cobrando pênalti. Apesar do placar apertado, a vitória foi justa e representou o primeiro triunfo do técnico Zetti. O time de Campinas, agora, tem 8 pontos, enquanto o Paraná continua com 10 pontos. A vitória pode, enfim, dar a tranqüilidade necessária para a nova comissão técnica, mesmo porque o time não marcava gols há três jogos e tinha perdido suas últimas duas partidas, para Corinthians, 1 a 0, e Juventude, 2 a 0, ambos fora de Campinas. E fez uma opção tática correta, no esquema 4-4-2 e com o garoto Jônatas atuando como verdadeiro ponta-direita. Por seu lado, o time criou as principais jogadas ofensivas no primeiro tempo. Mas os times se respeitaram demais, chegando a irritar os poucos torcedores que foram ao Brinco de Ouro. E foi Jônatas que finalizou duas vezes no primeiro tempo, obrigando o goleiro Fernando a praticar boas defesas. O Guarani ainda ameaçou com outro chute do volante Sidney, que também teve uma boa atuação. Do lado do Paraná, destaque apenas para o meia Fernando, que ameaçou um vez com um chute de longa distância. O Guarani voltou mais adiantado no segundo tempo, com o meia Simão ditando o ritmo de jogo. O lance de gol começou de seus pés, quando lançou Jônatas que dentro da área foi derrubado pelo displicente zagueiro Carlinhos. O experiente Viola, cobrando pênalti, abriu o placar, aos 12 minutos. Em desvantagem, o Paraná tentou reagir mas mostrou muita limitação. Na última rodada, o time paranaense tinha perdido para o outro clube de Campinas, a Ponte Preta, por 1 a 0, em Curitiba. Como o jogo continuava morno, o técnico Zetti pediu aos seus jogadores que tocassem a bola para garantir o resultado. "O mais importante foi a vitória. Mas acho que o time se posicionou melhor, principalmente no meio-de-campo. Temos tudo para melhorar nos próximos jogos." O Guarani volta a campo, agora, somente no dia 12 contra o Fluminense, no Maracanã. O Paraná tentará buscar a reabilitação diante do Botafogo, também dia 12, em Curitiba.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.