Guarani pega Barbarense de olho no dérbi

Para adiar a preocupação com o dérbi campineiro diante da rival Ponte Preta, marcado para o próximo sábado, o Guarani entra em campo nesta quarta-feira para enfrentar o União Barbarense, no estádio Antônio Guimarães, em Santa Bárbara D´Oeste, pela terceira rodada do Campeonato Paulista. O time de Campinas tenta mais uma vitória para calar os críticos e se manter nas primeiras posições.Depois da vitória diante da Portuguesa por 2 a 1, no domingo, o Guarani assumiu a sexta colocação na tabela, com quatro pontos e saldo de um gol. O União Barbarense, que vem de derrota para o surpreendente Mogi Mirim, é o 10º colocado, com três pontos.No Barbarense, apesar do rendimento baixo na derrota, por 2 a 1, em Mogi, o técnico Roberto Cavalo deve manter a mesma escalação dos últimos dois jogos. "Não fomos bem contra o Mogi, mas com o mesmo time tivemos um bom rendimento na vitória diante do Marília", justificou o treinador. As novidades foram as voltas do lateral Fábio Duarte e dos zagueiros Roni e Marcel, que não ficaram no futebol europeu.No Guarani, a vitória fora de casa sobre a Portuguesa deu ânimo à torcida e ao técnico Jair Picerni. Por isso, ele também não pretende mexer na equipe. O atacante Nilson Sergipano, autor do gol da vitória aos 44 minutos do segundo tempo, continua no banco de reservas, a exemplo do atacante Cidimar, já regularizado pela diretoria. "Evoluímos desde a primeira partida, principalmente nas laterais", salientou Picerni, que acredita num crescimento gradual do time.Ele porém, ainda aguarda pela chegada de reforços, principalmente no meio-campo. Luciano Ratinho, do Corinthians, é o mais próximo do Brinco de Ouro. Canindé, que interessava, foi para o São Caetano, e Robert, do Bahia, não demonstrou disposição de voltar para Campinas, onde defendeu o próprio Guarani.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.