Guarani perde do União Barbarense e termina na lanterna do Paulistão

Time de Campinas é derrotado por 3 a 1 em casa e termina em 20.º lugar com 10 pontos

AE, Agência Estado

21 de abril de 2013 | 19h21

CAMPINAS - O Guarani escreveu mais um capítulo triste de sua centenária história. Na tarde deste domingo, o time campineiro foi derrotado pelo União Barbarense, por 3 a 1, no Estádio Brinco de Ouro, no encerramento da fase de classificação do Campeonato Paulista, e pela primeira vez terminou um torneio na última posição.

Os dois times entraram em campo rebaixados. O Guarani encerrou sua participação com uma vitória e dez pontos ganhos, na última colocação. O União Barbarense, por sua vez, terminou como 18.º colocado, com 16.

Degolados, ambos entrarão em um período de hiato e ficarão sem disputar uma partida por pelo menos um mês. O Guarani disputará a Série C do Campeonato Brasileiro, que começa no dia 2 de junho. O União Barbarense, por sua vez, entrará em campo no segundo semestre para jogar a Copa Paulista.

O duelo era pouco atrativo, tanto é que apenas 520 torcedores estiveram no Brinco de Ouro. Mesmo assim, o União Barbarense foi para cima no começo da partida e conseguiu abrir o placar aos dois minutos. Júlio César aproveitou boa jogada de Caihame e deu um toque de primeira, antecipando o goleiro Renan.

A resposta do Guarani foi imediata. Paulão foi derrubado por Edilson Azul na área e o árbitro marcou pênalti. Na cobrança, Fernando Gaúcho deixou tudo igual, aos quatro minutos.

Os visitantes mantiveram o ritmo forte e conseguiram passar na frente aos 12. Alex fez grande jogada individual e bateu forte da entrada da área. Adiantado, Renan aceitou.

No restante do primeiro tempo, o que se viu foi o Guarani tentando pressionar, mas esbarrando nas próprias limitações. Tiago Pagnussat teve a melhor chance, em cabeçada, mas Edison Azul evitou o empate.

A tortura ao Guarani continuou na segunda etapa. Aos oito minutos, Diogo Melo aproveitou cruzamento preciso de César e cabeceou no fundo das redes de Renan, que foi um dos atletas mais xingados pelos torcedores do time da casa.

As coisas se tornaram mais complicadas ainda para os mandantes quando o zagueiro Paulão cometeu falta dura em César e recebeu um cartão vermelho. Um final para lá de melancólico para os torcedores do Guarani.

GUARANI 1 x 3 UNIÃO BARBARENSE

GUARANI - Renan; Marcinho, Tiago Pagnussat, Paulão e Diogo; Wellyson, Wellington Monteiro, Everton (Felipe Merlo) e Erik (Cadu); Fernando Gaúcho (Victor) e Wilson. Técnico - Carlinhos (interino).

UNIÃO BARBARENSE - Cléber; Juliano, Rafael Silva e Camacho; Alex (André Cunha), Bruno Pires (Chicão), Edílson Azul, Diogo Melo e César; Caihame (Dairo) e Júlio César. Técnico - Claudemir Peixoto.

GOLS - Julio César aos dois, Fernando Gaúcho aos quatro e Alex aos 12 minutos do primeiro tempo; Diogo Melo aos oito minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Wilson Luiz Seneme.

CARTÃO AMARELOS - Diogo Melo (Barbarense). Fernando Gaúcho (Guarani).

CARTÃO VERMELHO - Paulão (Guarani).

PÚBLICO - 520 pagantes.

RENDA - R$ 2.855,00.

LOCAL - Estádio Brinco de Ouro, em Campinas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.