Guarani perde Fumagalli para 'decisão' de sábado

Na tarde desta quarta-feira a comissão técnica do Guarani recebeu mais uma péssima notícia para a montagem do time visando a decisão de sábado, contra o São Caetano, às 16h20, no Estádio Brinco de Ouro da Princesa, pela última rodada da Série B. O experiente meia Fumagalli foi vetado pelo departamento médico.

AE, Agência Estado

21 de novembro de 2012 | 21h33

Considerado uma das principais esperanças da torcida alviverde na luta contra o rebaixamento, o meia foi poupado do treinamento da última terça-feira depois de ter chegado ao clube mancando. Nesta quarta, Fumagalli passou por exames, constatando uma lesão de grau dois na coxa direita. O tempo de recuperação é de, no mínimo, seis semanas, tendo o retorno previsto para o início do Campeonato Paulista de 2013.

Com o veto de Fumagalli, o técnico Vilson Tadei deve optar pela entrada do também experiente Fabrício no meio-campo, principalmente pela pressão que envolve a partida. Na terça-feira, o treinador fez o coletivo com Kleiton Domingues entre os titulares, mas este deve ficar apenas como opção no banco de reservas.

Além de Fumagalli, os zagueiros André Leone, Fernando e Rodrigo Arroz e os atacantes Rafael Oliveira e Robinho são desfalques certos. Sem opções na defesa, Vilson Tadei deve improvisar o volante Ademir Sopa ao lado de Montoya. O restante do time deve ser definido nesta quinta-feira.

Em 16.º lugar, com 41 pontos, o Guarani precisa de uma vitória sobre o São Caetano para não depender de nenhum outro resultado. Caso tropece e Guaratinguetá ou CRB vençam Barueri e ASA, respectivamente, o time campineiro será rebaixado para a Série C.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolGuaraniBrasileirãoSérie B

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.