Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Guarani pode ficar sem Fumagalli

Além de não ter dinheiro para investir em novas contratações para a temporada 2002, o Guarani está perdendo um de seus principais jogadores: o meia Fernando Fumagalli. Ele ainda tem passe preso ao Santos e pode se transferir para o Cruzeiro. A negociação já vem sendo tratada entre os dois clubes e o Guarani pode mesmo ficar à parte de tudo. "Desconheço a negociação, mas estamos lutando para ficar com o Fumagalli", garantiu o gerente de futebol Neto Ferreira. Mesmo não revelando os valores que envolvem a transação, a direção do time campineiro admite que não dispõe de dinheiro para efetivar a aquisição do passe do meia, artilheiro do Guarani no Campeonato Brasileiro, com nove gols. A única saída da diretoria seria confirmar, agora em janeiro, a compra do passe por cerca de US$ 2 milhões. A esperança continua sendo a provável venda do zagueiro Edu Dracena para o futebol do exterior por US$ 3 milhões. Enquanto isso, o time continua perdendo jogadores. O goleiro Ronaldo, ex-Corinthians, não acertou as bases financeiras e não mais interessa ao Guarani. O pior é que ele está prestes a assinar contrato com o rival de Campinas: a Ponte Preta. O zagueiro Lica também foi dispensado depois de reclamar de atrasos de salários. Ele já tinha acertado sua renovação de contrato.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.