Guarani pode jogar sem sete titulares

O técnico Barbieri, do Guarani, pode ter mais problemas para enfrentar o Atlético-PR nesta quarta-feira, às 20h30, no estádio Brinco de Ouro, em Campinas, pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro. Na derrota contra o Corinthians por 1 a 0 o lateral-direito Ruy, o volante Emerson e os zagueiros Bruno Quadros e Juninho receberam o terceiro cartão amarelo e são desfalques. Os quatro, entretanto, não devem ser os únicos problemas para Barbieri. Nesta terça-feira o STJD julga cinco jogadores que atuaram contra o Fluminense na derrota por 5 a 2. Além de Lúcio, que já deixou o clube, Alex e Paulão, que foram expulsos, o goleir o Jean e o meia Marquinhos, que está machucado e já não enfrentaria o Atlético-PR, podem ser punidos no tribunal. Os casos mais complicados são de Jean e Paulão, incursos no artigo 228 inciso III - agressão contra árbitro ou auxiliar. Eles podem ser suspensos de 60 a 360 dias. Caso sejam confirmadas as punições, Barbieri estaria sem sete jogadores considerados titulares fora, uma vez que o Simão se apresentou à Seleção Brasileira Sub-20 que disputará o Pan-Americano em Santo Domingo, na República Dominicana. Com tantos problemas, Barbieri pediu a volta do lateral-direito Patrício, que havia sido dispensado, e já anunciou a entrada de Creedence em lugar de Rodrigão, artilheiro do time no Brasileirão com oito gols e que não vive bom momento na competição. Ele não marca gols há sete jogos, desde o dérbi, dia 14 de junho, quando marcou dois gols.

Agencia Estado,

21 de julho de 2003 | 19h02

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.