Guarani quer 3 pontos e a liderança

O Guarani promete não deixar escapar a chance de somar mais três pontos no Torneio Rio-São Paulo contra o Americano, neste domingo, às 16 horas, no Estádio Brinco de Ouro, em Campinas. De olho na liderança e atuando em casa, o time aceita com naturalidade o fato de entrar em campo como favorito e com a obrigação de vencer.Para o técnico Zé Mário, o time tem amplas condições de repetir o bom futebol mostrado nos últimos jogos, tanto pelo Rio-São Paulo como pela Copa do Brasil. Um dos segredos do sucesso tem sido as poucas mudanças promovidas nos jogos.Para derrubar o Americano, a novidade é a entrada do meia Martinez no meio-de-campo. "Ele é titular e retoma sua vaga na equipe", confirmou Zé Mário, lembrando que Martinez apenas não enfrentou o América porque cumpriu suspensão automática. Só não revelou quem deixa o time. O mais cotado é o centroavante Zé Afonso, uma vez que Marcinho atuou improvisado no meio-de-campo e , agora, deve retornar ao ataque. Diante do América, no Rio, Marcinho foi o grande destaque do time, marcando dois gols e sofrendo uma penalidade máxima.O Guarani tem 11 pontos e pode até assumir a liderança caso ocorram tropeços de Ponte Preta e Palmeiras. É uma meta que a comissão técnica sonha atingir, mas exigindo muito respeito com o adversário, que só tem dois pontos. "Ninguém morre na véspera", brincou Zé Mário. O Americano estréia o técnico Gaúcho, ex-zagueiro do Vasco da Gama, no lugar de Luís Antonio Zaluar. "Nós jogamos juntos no Vasco", recorda-se Zé Mário, prometendo dar um abraço no ex-companheiro. Em campo, porém, a seriedade será o caminho para conseguir outra vitória.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.