Guarani quer descontar goleada no Grêmio

O Guarani recebe o Grêmio nesta quinta-feira, às 20h30, no estádio Brinco de Ouro, ainda sob o impacto negativo provocado pela goleada sofrida diante do Paysandu, por 6 a 1, domingo. O objetivo é apagar a má impressão deixada em Belém e quem pode "pagar o pato" é o time gaúcho. Esta é a disposição da comissão técnica e também dos jogadores, principalmente dos mais velhos, que se sentiram humilhados com o desastre. "Sinceramente nunca tinha tomado seis gols em um só jogo", comentou o goleiro Jean, que neste campeonato já tina sofrido outra goleada nas costas: 5 a 2 para o Fluminense, no Maracanã. A principal lição em Belém parece ter sido a preocupação inicial com o sistema de marcação, tanto que o time deverá ter dois volantes, com a entrada de Rafael, ex-Rio Branco, que ainda não teve uma chance real no time. Além dele, o meia Marquinhos reaparece depois de nove rodadas afastado em virtude de uma lesão muscular. Ele joga pela primeira vez ao lado de Dinelson, de 17 anos, que ficará mais liberado para encostar nos atacantes, bem dentro de sua característica. "Testamos esta forma de jogar e o resultado foi muito bom", comentou o técnico Barbieri após o coletivo desta quarta-feira à tarde. Quem deixou o time foi Esquerdinha, cheio de altos e baixos na competição. No ataque, também está confirmada a volta de Rodrigão, recuperado de entorse no tornozelo direito, no lugar do jovem Ricardo Lobo, uma das promessas do clube e que entrou numa "gelada" em Belém. "A bola nem chegou para mim", comentou, assustado. Rodrigão também está em débito com a torcida. Seus últimos dois gols saíram somente no dérbi, dia 14 de junho, diante da Ponte Preta, no Majestoso. O Guarani encerrou o primeiro turno com 31 pontos em 11º lugar. Neste jogo diante do Grêmio, uma novidade na vestimenta do Guarani, que usará uma camisa em tom prateado em homenagem aos 25 anos da conquista do título brasileiro de 1978. Esta camisa comemorativa será usada ainda em mais três jogos, contra Vasco da Gama, Paraná e Atlético-MG.

Agencia Estado,

06 de agosto de 2003 | 19h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.