Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Guarani quer escapar com 53 pontos

A vitória sobre o Internacional faz o Guarani sonhar com a permanência na Série A do Campeonato Brasileiro, mesmo estando com apenas 38 pontos e ocupando a 23.ª e penúltima posição. Para isso, a comissão técnica já faz as contas para escapar: são necessários 53 pontos."Esta é a conta que estamos fazendo nestes últimos oito jogos", confirmou Picerni, satisfeito pelo rendimento do time no Estádio Beira-Rio. Antes da vitória sobre o Internacional, na quarta-feira, por 3 a 1, o Guarani tinha empatado sem gols com a Ponte Preta, domingo, e vencido o Cruzeiro, por 2 a 0, no Brinco de Ouro. Estes três jogos marcaram a participação do técnico Jair Picerni. Para chegar a estes 53 pontos, o Guarani precisa somar mais 15 pontos em oito rodadas. Como estão sendo disputados 24 pontos, o time campineiro precisará ganhar cinco jogos, ou ganhar quatro e empatar três. Portanto, apenas uma derrota será tolerada.Para evitar mais pressões sobre o elenco, Jair Picerni diz que já está pensando no compromisso contra o Goiás, sábado, às 16 horas, em Campinas. "Estamos trabalhando desta forma: de jogo em jogo", reforça.A delegação retornou de Porto Alegre somente no início da noite, o que estimulou a comissão técnica a programar apenas um treino para sexta-feira à tarde. "Faremos um tático ou um rápido coletivo", afirmou o auxiliar técnico Fred Smânia. O time terá dois desfalques: o lateral direito Dida e o zagueiro João Leonardo, ambos suspensos com três cartões amarelos. Harison e Carlinhos são os prováveis substitutos.

Agencia Estado,

28 de outubro de 2004 | 19h15

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.