Guarani quer fazer o ?dever de casa?

O técnico Zé Mário impôs uma missão ao Guarani: na segunda metade do Torneio Rio-SP, que começa neste final de semana, o time deverá fazer o chamado ?dever de casa?. Ocupando a sétima posição na classificação geral, mas a apenas dois pontos dos líderes Ponte Preta e Palmeiras, o treinador que aproveitar o fato de o time jogar quatro vezes em casa nas próximas cinco rodadas, para acumular o maior número possível de pontos. A ordem é ganhar em Campinas e, se possível, não perder fora. Zé Mário está otimista, principalmente porque o time vem de duas vitórias consecutivas - sobre Portuguesa e América-RJ. Além disso, o próximo adversário não deve oferecer muita resistência. No domingo, o Guarani enfrenta o Americano, de Campos (RJ), no Brinco de Ouro. Penúltimo colocado na tabela de classificação, o Americano vem com a confiança abalada pela derrota de 6 a 2 imposta pelo Corinthians, em partida válida pela Copa do Brasil.Depois do Americano, o Guarani sai para enfrentar o Etti, em Jundiaí, mas na seqüência, fará três jogos em casa - contra Corinthians, Vasco da Gama e Fluminense."Desde o início do campeonato traçamos alguns objetivos para esta temporada. Um deles era fazer a lição de casa e acredito que estamos fazendo bem", explicou o zagueiro Edu Dracena. O time venceu duas das três partidas realizadas até aqui em Campinas.COPA DO BRASIL - Depois de eliminar o América-MG na primeira fase da Copa do Brasil, o time do Guarani teve a confirmação das datas da próxima fase, quando enfrenta o Paraná Clube. O primeiro jogo será no próximo dia 27, em Curitiba. Ainda nesta segunda fase, o time visitante que vencer por dois gols de diferença elimina o jogo de volta, marcado para 13 de março, em Campinas. Independente de conseguir ou não eliminar o jogo da volta contra o Paraná, o técnico diz não estar preocupado com isto ainda. Para ele, o Guarani tem que pensar apenas no Americano.Para este jogo, Zé Mário terá a volta do meia Martinez, que cumpriu suspensão. Marcinho, que vinha sendo improvisado na posição, deverá voltar ao ataque, com Zé Afonso indo para o banco de reservas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.