Guarani quer lucrar com lateral Rafael

O Guarani quer aproveitar a excelente temporada do lateral-direito Rafael no Flamengo para usá-lo como moeda de troca ou mesmo em dinheiro vivo. O jogador já manifestou o desejo de permanecer na Gávea, depois de fácil adaptação ao Rio de Janeiro. O negócio pode sair, mas precisa significar lucro para os cofres do time campineiro.As negociações serão encaminhadas pelo procurador Cláudio Guadagno, que passou os últimos dias na Europa. Ele já confirmou que tentará fazer o desejo do lateral que é continuar no Flamengo. Rafael tem 23 anos, foi revelado pelo Guarani e já passou por São Paulo e São Caetano antes de chegar na Gávea. No Campeonato Brasileiro ele surpreendeu ao ser o segundo artilheiro do time, com nove gols, quatro a menos do que Edílson.Sem dinheiro, o Guarani continua enfrentando dificuldades para se reforçar. O zagueiro Bruno Quadros parece cada vez mais longe de um acordo, o que elevaria para seis as baixas do time titular. Antes deles, saíram o lateral-direito Ruy, liberado; o lateral-esquerdo Gilson, que foi para o Goiás; o volante Émerson, que ganhou os direitos federativos na Justiça; o atacante Wagner, que se transferiu ao Atlético-MG; além do meia Dinelson e do atacante Rafael Silva, que ganharam briga na Justiça do Trabalho e foram para o Corinthians.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.