Guarani reduz ritmo de treinamentos

O forte ritmo do Campeonato Paulista está causando os primeiros problemas no Guarani. Alguns jogadores têm sentido dores musculares, fruto do trabalho de manutenção física e do excesso de empenho durante os jogos. O preparador físico Moracy Santana promete diminuir a carga de trabalho. "Na realidade estamos apenas fazendo a manutenção da pré-temporada, realizada em Águas de Lindóia antes do início do campeonato. Mas é normal alguns jogadores sentirem mais a parte muscular", esclarece Moracy, ex-fisicultor do São Paulo e da seleção brasileira.Entre os jogadores que mais sentiram está o atacante Marcinho, de apenas 1,60 metro e que não tem uma estrutura física adequada para um atleta. Outro que preocupa é o zagueiro Edu Dracena, mas seu problema já é outro. Ele participou do Campeonato Sul-Americano Sub-20 e nem teve férias, portanto, passou por uma exigência maior na parte física. Ambos estão sendo poupados dos treinos normais da semana.O técnico Carlos Alberto Silva mantém a sua habitual confiança em ter seus jogadores recuperados para enfrentar a Internacional, sábado, em Limeira. O time vai tentar a quarta vitória seguida dentro do Paulistão, tendo como adversário o lanterna da competição.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.