Guarani sem Harison diante do Cruzeiro

O Guarani sofreu uma baixa de última hora para enfrentar o Cruzeiro, domingo, às 16 horas, no estádio Brinco de Ouro, pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro. O meia Harison apareceu no clube pela manhã sentindo fortes dores no joelho direito. Ele foi vetado pelos médicos e nem participou do coletivo realizado nesta sexta-feira à tarde no gramado do Brinco de Ouro. O jogador, inclusive, atuaria como segundo volante, numa fórmula ofensiva armada pelo técnico Picerni. A sua ausência será suprida pelo volante Roberto, que passou os últimos 10 dias servindo a seleção brasileira Sub-20. Ele já era o titular anteriormente, assim como o zagueiro João Leonardo, também voltando da seleção e confirmado ao lado de Juninho que entra no lugar de Carlinhos, suspenso com três cartões amarelos. Outra baixa no coletivo foi o lateral direito Dida, fortemente gripado, mas confirmado no time que atuará dentro do esquema 4-4-2, com dois volantes e dois meias. A informação de que o Cruzeiro atuará com um time misto em Campinas não provocou entusiasmo entre os jogadores e a comissão técnica. "O Cruzeiro tem um forte elenco e jamais pode ser menosprezado", comentou o auxiliar-técnico Fred Smania. O Guarani está pronto, definido e esperançoso em iniciar uma grande reação dentro do Campeonato Brasileiro contra o Cruzeiro, domingo à tarde, no estádio Brinco de Ouro, em Campinas. Lanterna com 31 pontos, o time campineiro precisa vencer sete dos 11 jogos que fará ainda nesta temporada para se livrar da Série B em 2005. De volta à cidade, depois de passar a semana treinando na estância hidromineral de Serra Negra (SP), o técnico Jair Picerni acredita que os "jogadores recarregaram as baterias". Este jogo também marcará a estréia do técnico, o quinto na competição, que substituiu Agnaldo Liz.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.