Guarani será cauteloso em São Januário

Sem contar com dois titulares, o goleiro Jean e o zagueiro Paulão, suspensos por 60 dias pelo STJD do Rio, na quinta-feira, o Guarani vai reforçar sua marcação na esperança de segurar o Vasco, neste domingo, às 18 horas, em São Januário, pelo Campeonato Brasileiro. O volante Leandro Guerreiro vai entrar no lugar do meia Marquinhos, que fica apenas como opção para ser usada durante o jogo.O técnico Barbieri também já definiu os substitutos dos suspensos. Fernando, de apenas 21 anos, fará sua segunda participação na competição. Ele só atuou no jogo em que o Guarani venceu o Atlético-PR, por 1 a 0, no Brinco de Ouro. "Estou muito tranqüilo e confiante", disse o goleiro, ainda inexperiente. Na defesa, entra Juninho que já atuou várias vezes como titular.Mas a grande mudança em relação ao time que venceu o Grêmio, por 2 a 0, é mesmo sua postura mais defensiva. O time terá três volantes: Emerson, Rafael e Leandro Guerreiro. Apenas Dinelson, de 17 anos, será encarregado de armar as jogadas para os atacantes. O meia Marquinhos, ex-Flamengo, será apenas opção na reserva, uma vez que ainda sente falta de ritmo de jogo por causa de uma contusão muscular que o tirou do time por mais de um mês."Mesmo com dois meias, nós tivemos dificuldades contra o Grêmio. Ficamos sem toque de bola e insistimos na ligação direta entre a defesa e o ataque", comentou Barbieri, lembrando que neste jogo em São Januário será importante neutralizar e "vigiar" os principais atacantes como Marcelinho Carioca e Edmundo.Pelas circunstâncias, o empate seria bem recebido. O que se pretende evitar é outro desastre, como ocorrido em Belém, domingo passado, na goleada por 6 a 1 diante do Paysandu. "Acho que aquele jogo foi um acidente de percurso. Mas é melhor se precaver do que levar outra pancada nas costas", comentou Barbieri, ainda interino desde a saída de Pepe, há nove rodadas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.