Guarani tenta contratar Adãozinho

Diante do alto salário pedido por Finazzi, perto de R$ 40 mil por mês, a diretoria do Guarani descartou nesta terça-feira a contratação do atacante. Ele acertou na segunda a sua saída do Paulista e deve mesmo ir para o futebol do Catar.Além de Finazzi, o Guarani não conseguiu fechar com o meia Davi, que recebeu um aumento salarial e decidiu ficar no Náutico.Em compensação, o Guarani está perto de acertar com o meia Adãozinho, que acabou de conquistar o acesso com o Bragantino na Série A2 do Campeonato Paulista.Enquanto isso, o técnico Luiz Carlos Ferreira segue preparando o Guarani para o jogo contra o Ituano, sexta-feira, no Brinco de Ouro. Ele deve fazer algumas mudanças em relação ao time que empatou com o Criciúma por 1 a 1, na última rodada da Série B. Márcio Araújo e Vágner Carioca, ambos recém-contratados, podem estrear.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.