Guarani tenta escapar do descenso

O Guarani vai tentar diante da Portuguesa Santista não escrever uma página triste na sua história. Além de ter a obrigação de vencer, o time campineiro ainda terá que contar com a sorte de outros resultados para escapar do rebaixamento para a Série A-2 do Campeonato Paulista. O jogo começa às 16 horas, no estádio Brinco de Ouro, em Campinas. Com apenas 14 pontos, o Guarani acredita na vitória que não vai apagar a má impressão deixada dentro da competição. O lanterna do Paulistão espera, pelo menos, por dois tropeços de seus mais diretos adversários na luta para fugir do descenso: Mogi Mirim, Internacional, Barbarense e Matonense. "Estou preocupado em cumprir nossa parte, que é vencer. O resto a gente tem que aguardar, infelizmente", comentou o técnico Carlos Alberto Silva, desolado com a situação do time. Mesmo precisando vencer ele se viu obrigado a fazer várias mudanças, alguma s delas por considerar necessárias neste momento. O meia Fumagalli e o atacante Marcinho ficarão no banco de reservas, embora tenham participado da maioria dos jogos no campeonato. Os juniores Rafael, entra na lateral-esquerda, e Alexandre no meio-campo. Para o técnico, o mais importante agora é "colocar emoção e amor à camisa, deixando de lado as vaidades e pensando unicamente no bem do time", explica.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.