Guarani tenta esquecer frustração

Depois de perder a vaga nas oitavas-de-final da Copa do Brasil por ter escalado um jogador irregular, o Guarani volta a campo nesta quarta-feira, às 20h30, para a partida contra o Atlético Mineiro, no Mineirão, buscando a sua primeira vitória fora de casa no Campeonato Brasileiro.O Guarani foi retirado a Copa do Brasil por decisão do Tribunal de Justiça Desportiva. Na segunda-feira, o tribunal deu parecer favorável à apelação do Vila Nova-GO, que pedia os pontos do jogo, alegando que o time de Campinas havia utilizado o volante Leandro Guerreiro de forma irregular. Apesar de a CBF admitir que errou ao aceitar a inscrição do atleta, os relatores do tribunal decidiram-se pela eliminação da equipe campineira. O departamento jurídico do clube recorreu da sentença.Apesar de chateado pela decisão do TJD, o técnico Pepe tenta fazer com que os jogadores não sejam contaminados pelo clima de pessimismo. "Conversei com os jogadores para que eles tentem se concentrar apenas no jogo em Minas e deixem de lado os problemas extra-campo", disse o treinador. O Guarani tem seis pontos, sendo por enquanto o melhor entre os times paulistas.O técnico deve fazer apenas uma mudança em relação ao time que venceu o Paraná no último domingo. O lateral-direito Patrício volta ao time em lugar de Simão, que cumpre suspensão por ter sido expulso. O treinador, entretanto, faz mistério e diz que só de fine os 11 titulares minutos antes do jogo."Tenho tempo para montar o time. Vou esperar para pensar melhor e ver quem eu coloco em campo", disse Pepe, deixando transparecer que um esquema com três zagueiros não está descartado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.