Guarani vai mandar novatos para a reserva

O Guarani realizou uma de suas melhores apresentações dentro do Campeonato Brasileiro na vitória de 1 a 0 sobre o Atlético-PR, quarta-feira, no Brinco de Ouro. De repente, o fato causou surpresa e até um certo constrangimento para o técnico Barbieri porque metade do time era formado por reservas. Agora sua dor de cabeça será para definir o time que enfrenta o Figueirense, domingo à tarde, de novo em Campinas.Segundo Barbieri, o rendimento dos "novatos" provou apenas a sua tese de que o elenco do Guarani é muito forte. Ele até exagera um pouco em sua análise: "Pode ter time igual, mas melhor do que o nosso não. Mas precisamos sempre correr muito atrás dos pontos".Apesar dos elogios ao elenco, o técnico já prepara a volta de vários titulares absolutos que estavam suspensos. É o caso do goleiro Jean, da dupla de zagueiros Paulão e Bruno Quadros, do lateral direito Ruy e do volante Émerson. Dois jogadores considerados reservas ganharam a camisa no time. Um deles é Dinelson, meia de apenas 17 anos, que se transformou na grande sensação na vitória sobre o Atlético-PR. Ele é muito inteligente e habilidoso. No ataque, o grandalhão Creedence continua na vaga de Rodrigão .Todas estas mudanças e o novo time do Guarani serão testados nos treinos desta sexta-feira. O objetivo é aproveitar o fato do time atuar em casa para somar mais pontos. O Guarani tem 28 pontos.

Agencia Estado,

24 de julho de 2003 | 12h32

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.