Guarani vence América-MG, de virada

O Guarani estreou com uma bela vitória na Copa do Brasil, ao virar em cima do América Mineiro, por 2 a 1, nesta quarta-feira à noite, no Estádio Independência, em Belo Horizonte. No jogo de volta, dia 6 de fevereiro, pode passar à segunda fase até com uma derrota por 1 a 0. O jogo foi bastante equilibrado no começo. O América tomava as iniciativas ofensivas, enquanto o Guarani estava posicionado atrás para sair, com velocidade, para os contra-ataques. Mas quem saiu na frente foi o time mineiro, com o atacante Renaldo esticando a perna esquerda para desviar o cruzamento de Rinaldo, aos 20 minutos. O empate saiu aos cinco minutos do segundo tempo, com a ajuda do juiz Wallace Valente que interpretou de forma errada a "furada" do zagueiro Adriano perto do meia Martinez. O juiz marcou pênalti, convertido por Edu Dracena. O Guarani manteve o ritmo, criando outras boas chances nos contra-ataques. E chegou à vitória aos 30 minutos, quando Caio deixou Dudu livre, na entrada da grande área, para chutar com a perna esquerda: 2 a 1. Mesmo com o técnico Flávio Lopes tentando colocar mais atacantes, o América não conseguiu reagir. E deu sorte, porque poderia ter perdido por um placar mais dilatado.

Agencia Estado,

23 de janeiro de 2002 | 22h31

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.