Guarani vence e deixa Grêmio na lanterna

O Guarani começou com vitória o returno do Campeonato Brasileiro, ao derrotar o Grêmio por 2 a 0, nesta quinta-feira, no Estádio Brinco de Ouro. A vitória levou o time de Campinas para a décimo lugar, com 34 pontos. O Grêmio é o último colocado, com 22 pontos. O Grêmio teve amplo domínio no primeiro tempo, quando poderia ter definido o placar. O Guarani acertou a marcação na segunda etapa e teve o mérito de aproveitar as chances de gols criadas para conseguir uma importante vitória. O Grêmio começou bem melhor, marcando o Guarani sob pressão o campo todo. O técnico Nestor Simionatto armou o time com três zagueiros e bem protegidos por dois volantes, praticamente neutralizando o meio-de-campo adversário. O Guarani insistia nas penetrações pelo meio, errando muitos passes e deixando de explorar as laterais do campo. Os campineiros ainda mostravam nervosismo, talvez por causa da insegurança provocada pela goleada sofrida diante do Paysandu. As melhores chances de gols foram do time gaúcho. Aos 8 minutos, Caio desviou o cruzamento de Ânderson Lima e mandou a bola na trave direita de Jean. O mesmo Caio, de frente para o gol, chutou em cima de Jean, aos 26 minutos. O goleiro ainda salvou o time com duas grandes defesas aos 34, num chute cruzado de Caio, e aos 36 numa conclusão de Jorge Mutt. O Guarani só ameaçou aos 29 minutos, quando Dinelson errou a cabeçada após cruzamento de Ruy. No segundo tempo, o técnico Barbieri tirou o meia Marquinhos, sem ritmo, para a entrada de Alex com a missão de bloquear os avanços do lateral Ânderson. As ações ficaram mais equilibradas. Aos 12 minutos, o Guarani abriu o placar com o zagueiro Bruno Quadros. Após a cobrança de escanteio, a defesa não aliviou e a bola sobrou para Bruno chutar, desequilibrado, com a perna esquerda. O Grêmio passou a ir mais ao ataque na base do desespero. A jogada com Ânderson Lima já não funcionava. Simionatto tentou ganhar mais agressividade com Claudio Pitbull no lugar de Jorge Mutt. Mas o time gaúcho sentiu a falta de um melhor preparo físico. O Guarani teve chances de ampliar, chegando ao segundo gol aos 38 minutos. Após uma virada de jogo da direita para a esquerda a bola sobrou para Alex. Ele ajeitou e chutou forte com a perna esquerda. Na próxima rodada, o Guarani enfrentará o Vasco, em São Januário, domingo, às 18 horas. No mesmo horário, no Estádio Olímpico, o Grêmio pegará o Atlético-PR. Antes do jogo, o Guarani recebeu uma má notícia. O STJD - Superior Tribunal de Justiça Desportiva - do Rio de Janeiro, no início da noite, condenou, em segundo julgamento, o goleiro Jean e o zagueiro Paulão por 60 dias de punição devido à tentativa de agressão ao juiz Lorival Dias Filho nos incidentes ocorridos, no Maracanã, na derrota por 5 a 2, dia 22 de junho, pela 14ª rodada. Em primeira instância, Jean tinha pego um jogo e Paulão dois.

Agencia Estado,

07 de agosto de 2003 | 22h42

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.