Guarani vence o Americana de virada e respira na Série B

Com um segundo tempo impecável, o Guarani conseguiu uma importante vitória de virada diante do Americana por 2 a 1, nesta terça-feira, no estádio Décio Vitta, em Americana (SP), pela abertura da 25.ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. O time campineiro acabou com uma sequência invicta de oito jogos do adversário e de quebra "ajudou" a rival Ponte Preta.

AE, Agência Estado

20 de setembro de 2011 | 22h43

O Americana perdeu a chance de assumir a vice-liderança, mesmo que de forma provisória, estacionando nos 41 pontos e continuando na quarta colocação, mas correndo o risco de ficar fora do G-4 no complemento da rodada. Sport, com 40 pontos, e Bragantino, com 39, podem superá-lo. Essa foi a primeira derrota do técnico Sérgio Guedes, que acumulava cinco vitórias e dois empates. Já o Guarani chegou aos 30 pontos e subiu para a 15.ª colocação, se distanciando ainda mais da zona de rebaixamento.

O primeiro tempo mostrou justamente a razão dos dois times estarem brigando por objetivos distintos na Série B. Os donos da casa pressionaram desde o começo e balançaram as redes com Clodoaldo, mas o árbitro assinalou impedimento. No entanto, aos 26 minutos, não teve jeito. Magal desceu pela esquerda e cruzou para a área, encontrando Fumagalli, que cabeceou sem chances para Emerson.

Na luta contra o rebaixamento, o time campineiro praticamente não chegou com perigo ao gol de Jaílson e finalizou apenas duas vezes, com João Paulo e Denilson, mas sem assustar.

Diferente da etapa inicial, o Guarani voltou acordado do intervalo e deixou tudo igual logo aos seis minutos. João Paulo bateu cruzado e a bola encontrou o estreante Marcelo Macedo livre na segunda trave para apenas completar. Cinco minutos depois, Denilson avançou sem marcação e acertou um lindo chute no ângulo de Jaílson, que nada pôde fazer.

O Americana chegou a acertar a trave de Emerson, em cobrança de falta do meia Fumagalli, mas não conseguiu criar outras oportunidades. O time da casa ainda terminou com dois jogadores a menos, já que Léo Silva e Henrique foram expulsos.

Os dois times voltam a campo na próxima terça, pela 26.ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. O Americana enfrenta o Salgueiro, às 20h30, no estádio do Arruda, no Recife. No mesmo horário, o Guarani recebe o Bragantino, de volta ao estádio Brinco de Ouro, em Campinas, após cinco jogos cumprindo suspensão por confusão no dérbi contra a Ponte Preta.

Ficha técnica

Americana 1 x 2 Guarani

Americana - Jaílson; Luiz Felipe (Paulo Sérgio), Jorge Luiz, Henrique e Magal; Alê, Léo Silva, Válber e Fumagalli; Clodoaldo (Emílio) e Rafael Chorão (Marcinho). Técnico: Sérgio Guedes.

Guarani - Émerson; Ailson, Gabriel (Leandro Carvalho) e Ewerton Pascoa; Chiquinho, Mika (Marcelo Macedo), Dadá, Renato, Felipe e João Paulo; Denilson (Rodrigo Paulista). Técnico: Giba.

Gols - Fumagalli, aos 26 minutos do primeiro tempo; Marcelo Macedo, aos 6, e Denilson, aos 11 minutos do segundo tempo.

Cartões amarelos - Henrique e Alê (Americana); Gabriel, Mika, Marcelo Macedo e Rodrigo Paulista (Guarani).

Cartões vermelhos - Léo Silva e Henrique (Americana).

Árbitro - Leandro Bizzio Marinho (SP).

Renda - R$ 25.730,00.

Público - 2.165 pagantes.

Local - Estádio Décio Vitta, em Americana (SP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.