Thomaz Marostegan / Guarani
Thomaz Marostegan / Guarani

Guarani vence o Brasil de Pelotas, mas segue fora do G-4 da Série B

Resultados da rodada impedem equipe bugrina de chegar entre os quatro primeiros, mas briga por acesso fica mais acirrada

Redação, Estadão Conteúdo

11 de novembro de 2021 | 00h15

O Guarani está fora do G-4 - zona de acesso - da Série B do Campeonato Brasileiro, apesar da vitória sobre o Brasil-RS, por 1 a 0, nesta quarta-feira, no estádio Bento Freitas, em Pelotas (RS), pela 35ª rodada. Bruno Silva fez o único gol da partida.

Foi o quarto jogo sem derrota do Guarani, que acumula sequência de três vitórias e um empate. Os paulistas estão em sexto na classificação, com 56 pontos ganhos.

Enquanto o Brasil, já rebaixado à Série C de 2022, permaneceu na lanterna, com 23 pontos, numa campanha com apenas quatro vitórias, 11 empates e 20 derrotas até agora.

O Guarani dominou as ações no primeiro tempo, mas não conseguiu converter as oportunidades em gol e consequentemente ter vantagem no placar. Já o Brasil ficou refém dos contra-ataques e teve dificuldades para passar pela forte marcação dos visitantes.

A primeira chegada do Guarani aconteceu aos 14 minutos, quando Mateus Ludke cruzou na área e Régis finalizou de primeira para defesa do goleiro Matheus Nogueira. Dois minutos depois o Brasil respondeu em chute de Erison que desviou na marcação e parou nas mãos do goleiro Rafael Martins.

A partir disso, o Guarani teve mais posse de bola e esteve mais próximo do gol. Aos 28, Mateus Ludke recebeu cruzamento e finalizou sem direção pela linha de fundo. Depois, aos 33, foi Bidu que arriscou chute com a perna direita e mandou perto da trave de Matheus Nogueira.

Ao contrário do primeiro tempo, o Guarani voltou do intervalo com mais efetividade e marcou seu gol aos sete minutos. Régis cobrou escanteio da direita, a defesa foi mal na marcação e o volante Bruno Silva cabeceou para as redes, colocando os paulistas com méritos na frente do placar.

O Brasil sentiu o gol do Guarani e quase sofreu o segundo aos 11 minutos, quando Régis roubou bola na linha de fundo, passou pela marcação e cruzou para Lucão do Break. O atacante finalizou forte, mas em cima do goleiro Matheus Nogueira, que fez um verdadeiro milagre, mandando pela linha de fundo.

O Brasil até conseguiu controlar a partida por alguns minutos e esboçou pressão pelo empate, mas o Guarani seguiu sendo mais perigoso. Aos 34, Bruno Sávio foi até a linha de fundo e cruzou para Pablo. O atacante, sem marcação, finalizou para fora, num lance inacreditável quase na pequena área.

Os minutos finais foram do Brasil com mais posse de bola e o Guarani se defendendo. Aos 47, a zaga do Guarani bateu cabeça e Gabriel Poveda, sem marcação chutou para fora, perdendo a chance de empatar o confronto.

O Brasil volta a campo no domingo para enfrentar o Coritiba, às 18h15, no Couto Pereira, em Curitiba (PR). Enquanto o Guarani receberá o Avaí no sábado, às 16 horas, no estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas (SP).

FICHA TÉCNICA

BRASIL-RS 0 X 1 GUARANI

BRASIL-RS - Matheus Nogueira; Netto, Leandro Camilo, Ícaro e Héverton (Paulinho); Diego Gomes (Caio Rangel), Bruno Matias, Patrick e Renatinho (Gabriel Poveda); Rildo e Erison. Técnico: Jerson Testoni.

GUARANI - Rafael Martins; Mateus Ludke, Thales, Ronaldo Alves e Bidu; Índio, Bruno Silva e Régis (Andrigo); Júlio César (Allan Victor), Lucão do Break (Pablo) e Bruno Sávio (Luiz Gustavo). Técnico: Daniel Paulista.

GOL - Bruno Silva, aos 7 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Rodrigo Batista Raposo (DF).

CARTÕES AMARELOS - Nenhum.

PÚBLICO E RENDA - Não divulgados.

LOCAL - Estádio Bento Freitas, em Pelotas (RS).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.