Guarani veta mais ingressos para a torcida corintiana

Os 5,9 mil bilhetes destinados aos corintianos para sábado estão esgotados desde o meio da tarde desta terça

Agencia Estado

24 de março de 2009 | 21h06

CAMPINAS - A diretoria do Guarani descartou a possibilidade de aumentar o número de ingressos para a torcida do Corinthians no jogo deste sábado, no Estádio Brinco de Ouro, pela 17.ª rodada do Campeonato Paulista. Acontece que os 5,9 mil bilhetes destinados aos corintianos estão esgotados desde o meio da tarde desta terça-feira. As filas foram uma constante desde segunda, quando se abriram as bilheterias em Campinas.

Veja também:

linkRonaldo deve jogar os 90 minutos contra a Ponte Preta

tabela Campeonato Paulista - Tabela e resultados

especial Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão

"Não existe esta possibilidade, por motivos de segurança e determinação da Polícia Militar", explicou João Secco, diretor do clube. O total de ingressos colocados à venda foi de 19,9 mil, sendo 14 mil para a torcida do Guarani e 5,9 mil para os visitantes. Os números destinados aos corintianos pegaram a todos de surpresa. Isso porque nos dois jogos anteriores com grandes públicos no estádio, contra o São Paulo e até a arquirrival Ponte Preta, a diretoria disponibilizou apenas 4,7 mil entradas.

A possível presença de Ronaldo e a invencibilidade do Corinthians foram um dos fatores para a carga maior. Além disso, os corintianos ainda tiveram uma ajuda da diretoria do Guarani, que preferiu não aumentar os preços dos ingressos. Os bilhetes de arquibancada custaram R$ 30, com meia-entrada a R$ 15.

Para alguns, a diretoria perdeu a chance de reforçar os seus cofres, uma vez que poderia arrecadar mais de duas maneiras. Uma delas, seria aumentando o preço do ingresso, mesmo que fosse somente para os corintianos. A expectativa de renda, em torno de R$ 350 mil, poderia dobrar. A outra alternativa, seria reservando um espaço maior para os visitantes.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.