Guarani volta e espera ?guerra?

Assim que os jogadores do Guarani se apresentaram ao técnico Carlos Alberto Silva, nesta terça-feira no começo da tarde, no Brinco de Ouro, não tiveram nem tempo de respirar. O técnico fez questão de ressaltar que a folga tinha acabado e que, a partir de agora, as concentrações serão para os próximos adversários. "Agora é guerra dentro de campo. Temos que derrubar nossos próximos adversários", decretou o técnico, que planeja vencer os próximos três jogos aproveitando a oportunidade na tabela que determina todos para o estádio Brinco de Ouro.O Guarani pega o Corinthians, domingo, em Campinas, depois recebe o São Caetano e o Rio Branco. Nas contas da comissão técnica estes nove pontos serão decisivos para a arrancada do time rumo às semifinais do Paulistão. Com 11 pontos ganhos até agora, o Guarani chegaria aos 20 pontos e, a partir de então, se programaria para manter as primeiras posições dentro do campeonato.Carlos Alberto descansou no carnaval em Belo Horizonte junto com a família. E logo na chegada a Campinas já avisou que não pretende definir o time tão cedo, mas aguarda pela liberação do atacante Marcinho, que estava machucado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.