REUTERS/Fabian Bimmer
REUTERS/Fabian Bimmer

Guardiola alerta jogadores do Bayern sobre contra-ataques

Treinador faz alerta para confronto com o Shalke 04 depois de ser goleado na última rodada do Campeonato Alemão pelo Wolfsburg 

REUTERS

02 de fevereiro de 2015 | 15h06

O técnico do Bayern de Munique, Pep Guardiola, fez um alerta a seus jogadores para diminuírem os riscos de levar contra-ataque por meio do jogo coletivo contra o Schalke 04, na terça-feira, ou correm o risco de sofrer mais uma derrota pesada.

O Bayern foi goleada por 4 x 1 pelo segundo colocado Wolfsburg, que foi letal nos contra-ataques na partida de sexta-feira, em que os atuais campeões alemães sofreram a primeira derrota da temporada na liga. Nas 17 partidas anteriores, o Bayern havia sofrido apenas quatro gols.

"Se nós permitirmos que nossos adversários corram, se deixarmos contra-atacar, estamos acabados", disse Guardiola a repórteres. "A bola é o jogador mais rápido do mundo. Depende do time todo parar com isso. Fizemos isso bem em 17 jogos e não fizemos bem em um."

Guardiola defendeu os zagueiros Dante e Jerome Boateng, dizendo que foram "deixados sozinhos" contra o Wolfsburg. "Se não pararmos essas ações (contra-ataques), então vai acontecer de novo", acrescentou.

Os bávaros, no entanto, mesmo assim são favoritos absolutos para enfrenta o Schalke, que está em quarto lugar."Vamos jogar melhor", disse Guardiola. "A razão para nossa derrota foi tática. Os jogadores vão compreender isso rapidamente, e então vamos ter sucesso e defender nosso título da liga."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.