Paul Childs/Reuters
Paul Childs/Reuters

Guardiola diz que Manchester City fará 'guarda de honra' para receber o Liverpool

Em gesto cordial, técnico campeão das duas últimas temporada acredita que seria esportivo prestar homenagem aos novos detentores do troféu

Redação, Estadão Conteúdo

28 de junho de 2020 | 14h38

O técnico Pep Guardiola confirmou que o Manchester City vai receber o Liverpool, com a "guarda de honra", tradicional cerimônia em que os campeões adentram o gramado passando por um corredor formado por jogadores adversários, que os aplaudem pelo título conquistado.

Em gesto cordial, Guardiola, campeão inglês com o Manchester City nas duas temporadas anteriores, acredita que seria esportivo prestar homenagem aos novos detentores do troféu.

"Nós vamos fazer a guarda de honra, é claro", disse Guardiola. "Sempre recebemos o Liverpool quando eles vêm à nossa casa de uma maneira incrível. Eles não podem reclamar e é claro que vamos fazer isso porque eles merecem", completou.

O duelo entre o Liverpool, campeão inglês com sete rodadas de antecedência, e o vice-líder Manchester City será disputado na próxima quinta-feira, às 16h15 (horário de Brasília), no Etihad Stadium.

Antes de o Campeonato Inglês ser reiniciado neste mês, havia ainda a possibilidade, mesmo que pequena, de que a partida pudesse ser decisiva na briga pelo título. No entanto, o Liverpool confirmou a conquista antes do jogo e acabou com a espera que já durava 30 anos.

A derrota do City por 2 a 1 para o Chelsea na quinta-feira, em Londres, colocou o Liverpool matematicamente fora de alcance. São 23 pontos de vantagem do time do técnico Jürgen Klopp, restando sete rodadas para serem disputadas.

Guardiola também afirmou que se sente satisfeito no comando do City e garantiu ter ambição para continuar à frente da equipe inglesa nos próximos anos. Nesta temporada, a sua equipe já foi campeã da Copa da Liga Inglesa e ainda persegue outros dois títulos: o da Copa da Inglaterra e o da Liga dos Campeões, principal objetivo.

"Estou com enorme 'fome' para a parte final desta temporada e também para a próxima. Estou incrivelmente satisfeito por poder representar este clube e não quero pensar muito num futuro que ainda está muito longe", afirmou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.