Oli Scarff/AFP
Oli Scarff/AFP

Guardiola diz que 'reza' para jogadores voltarem bem das seleções

Técnico do Manchester City está na briga por três títulos e teme perder atletas durante a data Fifa

Redação, Estadão Conteúdo

18 de março de 2019 | 13h42

O Manchester City entrará no mês de abril, já na reta final da temporada, com a chance de faturar mais três títulos - Liga dos Campeões da Europa, Campeonato Inglês e Copa da Inglaterra. Para se juntar à conquista da Copa da Liga Inglesa, obtida em fevereiro contra o Chelsea, o técnico espanhol Pep Guardiola disse que vai "rezar" muito para que seus jogadores voltem em boa forma, sem lesões, da pausa para as partidas das seleções pelas Eliminatórias da Eurocopa de 2020 e em amistosos.

"Eu rezo para que eles voltem saudáveis. Eles têm que defender as seleções, que joguem e aproveitem, mas retornem nas mesmas condições que foram", disse Guardiola em uma entrevista ao site oficial do Manchester City. "Talvez eles marquem três gols e voltem com o mesmo ritmo. Quem sabe? Só quero eles aqui em forma".

Alguns nomes importantes do elenco, como o atacante argentino Sergio "Kun" Agüero e o meia espanhol David Silva, não foram convocados para suas seleções. Guardiola decidiu que vai dar uma semana de folga para quem não foi chamado, seguido de pequenas sessões de treinamento. O grupo de jogadores só estará completo na quarta-feira da semana que vem e o próximo jogo será contra o Fulham no sábado seguinte, pelo Campeonato Inglês.

Em abril, o Manchester City terá os dois jogos pelas quartas de final da Liga dos Campeões contra o Tottenham, a semifinal da Copa da Inglaterra contra o Brighton e jogos importantes na briga pelo título do Campeonato Inglês - tem dois pontos a menos (76 a 74) que o Liverpool, com uma partida a menos - contra Manchester United e o próprio Tottenham.

"Com os jogos que temos em abril, precisaremos de todos. Isso é muito louco. Mesmo que seja por 10 ou 15 minutos nas partidas, precisamos de todos bem para ter chance de conquistar os três títulos", completou Guardiola.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.