Andreas Gebert/EFE
Andreas Gebert/EFE

Guardiola diz saber consequências de eliminação do Bayern

Bávaros decidem vaga nas quartas da Liga contra o Shakhtar

Karolos Grohmann, REUTERS

10 Março 2015 | 11h36

O técnico do Bayern de Munique, Pep Guardiola, está bastante consciente das consequências que o aguardam caso o time falhe em vencer o Shakhtar Donetsk nas oitavas de final da Liga dos Campeões na quarta-feira.

O espanhol, cujo time ganhou dois títulos nacionais durante sua primeira temporada no comando e é favorito para repetir o feito na atual campanha, não recebeu críticas dos diretores do clube ou torcedores durante seus 18 meses no comando.

Mas o ex-técnico do Barcelona disse que isso mudaria se o Bayern não eliminar os ucranianos em Munique na quarta-feira, após uma primeira partida sem gols no último mês, em Lviv.

"Eu sei o que vai acontecer se não conseguirmos chegar à próxima rodada da Liga dos Campeões. O Bayern é um time grande", disse Guardiola a repórteres nesta terça-feira. "Eu sou um técnico jovem, mas eu sei o que esperar".

"Eu sei o tipo de situação em que estamos. Eu sei que vai ser um grande problema se não chegarmos às quartas de final", disse Guardiola, cujo contrato com o time cinco vez campeão europeu acaba em 2016.

O Bayern tem o objetivo de repetir a vitória de 2013 na Liga dos Campeões, após chegar à final em 2010 e 2012, e aposta em Guardiola, que já ganhou o troféu com o Barcelona, para conquistar o título.

Falhar em conquistar o título atrapalharia a reputação vitoriosa do técnico espanhol, mas é extremamente improvável que o Bayern queira acabar com o acordo antes do prazo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.