Guardiola e Messi celebram título 'mais duro' do Barça

O técnico do Barcelona, Pep Guardiola, e o artilheiro Lionel Messi disseram que o título espanhol de 2011, assegurado com um empate contra o Levante por 1 x 1 na quarta-feira, foi o mais sofrido já conquistado por eles.

REUTERS

11 de maio de 2011 | 19h45

Jogando no estádio Ciutat de Valencia, mesmo palco do título de 2005, o Barça garantiu seu terceiro título espanhol em três anos, mas sem o desempenho magistral dos últimos anos.

Com o resultado da quarta-feira, faltando duas rodadas para o final, o clube catalão chega a 92 pontos, seis a mais que o arquirrival Real Madrid.

"Ganhar a Liga foi extremamente duro, e estamos muito satisfeitos", disse Guardiola a jornalistas.

"Fomos tremendos durante três quartos da temporada, mas no último quarto sofremos para marcar gols", disse o treinador, que atribuiu essa queda de rendimento "ao calendário desumano dos últimos dois anos -- mal conseguimos parar."

Messi, eleito jogador do ano em 2010, já marcou 31 gols durante o torneio. "Estou contente porque foi um título muito difícil de ganhar", declarou. "Tivemos de nos empenhar muitíssimo para sermos campeões, e mais ainda contra um grande rival como o Real Madrid. Agora temos de desfrutar."

(Por Mark Elkington)

Tudo o que sabemos sobre:
FUTBARCELONAGUARDIOLA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.