Dylan Martinez|Reuters
Dylan Martinez|Reuters

Guardiola prevê dificuldades para o Bayern nas semifinais

O Bayern de Munique enfrentará o Atlético de Madrid pela Liga dos Campeões

Estadão Conteúdo

15 de abril de 2016 | 11h10

O técnico espanhol Pep Guardiola escapou nesta sexta-feira de ter de enfrentar o Manchester City, clube em que irá trabalhar a partir da próxima temporada, mas sabe que terá dificuldades na semifinal da Liga dos Campeões da Europa. Por uma vaga na decisão em Milão, o Bayern de Munique jogará contra o Atlético de Madrid, muito bem treinado pelo argentino Diego Simeone, nas palavras de Guardiola.

"Sigo pensando que o Barcelona é a melhor equipe (da Europa). Mesmo sendo eliminado e com o melhor jogador do mundo, que é o Messi. Mas uma ou duas partidas podem passar qualquer coisa. Tudo pode acontecer. O Atlético esteve mais de 10 anos sem ganhar em Madri. Chegou Simeone e tudo mudou", afirmou Guardiola, destacando a força do clube espanhol.

Para o técnico do Bayern de Munique, o mérito de Simeone é ter feito os jogadores absorverem a fundo a sua maneira de jogar: a forte marcação e saída rápida para os contra-ataques. "É um técnico top. A equipe tem a mesma mentalidade do treinador. Eu terei que falar muito com meus jogadores. Necessitamos jogar bem as duas vezes", disse.

Em sua sétima semifinal seguida de Liga dos Campeões, Guardiola tenta o primeiro título europeu com o Bayern de Munique, que alcançou pela quinta vez consecutiva esta fase da competição - o time foi campeão na temporada 2012/2013 sob o comando de Jupp Heynckes. Já Guardiola venceu com o Barcelona em 2008/2009 e 2010/2011.

No lado do Atlético de Madrid, o diretor esportivo José Luis Pérez Caminero esteve presente ao sorteio realizado na sede da Uefa, em Nyon, na Suíça, e destacou a força do rival. "Vamos enfrentar uma das equipes mais vencedoras da Europa, acostumada a estar sempre nas fases decisivas. Será um confronto complicado, mas espero que o Atlético esteja à altura para poder ganhar", disse.

Caminero falou também sobre o fato de o Bayern de Munique possuir vários espanhóis no elenco. "Guardiola conhece bem a nossa liga (Campeonato Espanhol) e o time tem jogadores espanhóis como Javi Martínez, Xabi Alonso, Bernat e Thiago (Alcântara), que nos conhecem bem. Será uma disputa difícil, mas competiremos ao top como sempre fizemos", completou o dirigente.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.