Guardiola exalta Porto e pede 'sofrimento' ao Barcelona

O técnico Josep Guardiola comentou nesta quinta-feira que está extremamente focado na decisão da Supercopa da Europa, que reúne o vencedor da Liga dos Campeões, o Barcelona, e o campeão da Liga Europa, o Porto, em confronto que será disputado na sexta, em Mônaco. Ele pediu, no entanto, cuidado com o adversário, uma equipe "muito, muito forte". E avisou aos seus atletas que precisarão sofrer dentro de campo.

AE, Agência Estado

25 de agosto de 2011 | 12h38

"O Porto é uma equipe que vem com muita intensidade, onde todos sabem jogar muito bem o futebol. Gostaria muito que fizéssemos algumas coisas que eles fazem. Mudam jogadores e treinadores e seguem ganhando. É uma equipe muito, muito forte, em todos os sentidos", avaliou o treinador.

Para sair com o triunfo, Guardiola afirmou que o Barcelona precisar saber aproveitar e também sofrer durante a decisão. "Sempre precisamos estar 100%. Uma final se jogo pensando que talvez você não voltará a repeti-la. Em parte devemos desfrutá-la, e em parte temos que sofrer".

Guardiola procurou ainda minimizar os desfalques dos zagueiros Puyol e Piqué, ambos lesionados. "É uma sorte estar aqui e precisamos superar as dificuldades. Sempre temos de seguir adiante", completou o treinador.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.