Guardiola pede cabeça erguida para próximas decisões

Não há tempo para abatimento no Barcelona. Logo após a derrota para o Real Madrid nesta quarta-feira, que custou o título da Copa do Rei, o técnico Pep Guardiola já cobrou concentração do elenco para a fase decisiva da Liga dos Campeões e do Campeonato Espanhol.

AE, Agência Estado

20 de abril de 2011 | 20h41

"O melhor que podemos fazer é nos recuperarmos bem para a partida de sábado (contra o Osasuna, pelo Espanhol) e logo já se falará da partida da Liga dos Campeões (quarta, contra o Real)", lembrou o treinador. "Temos que nos levantar. Falta pouco para acabar o ano."

Ele não quis justificar a derrota desta quarta-feira, para não soar como "desculpa", revelou que quer analisar o que deu certo e o que deu errado para seguir a diante em seguida, mas lembrou dos méritos do Real Madrid: "Fizeram uma boa primeira etapa, nós fizemos um bom segundo tempo e prorrogação, mas fomos superados pelos adversários".

DESFLQUE - De acordo com a imprensa espanhola, o lateral-esquerdo Adriano sentiu uma lesão no adutor da perna direita ao final do jogo desta quarta-feira, ao tentar acompanhar Cristiano Ronaldo em uma jogada. Ele será submetido a exames já nesta quinta-feira para saber do alcance da lesão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.