Andrew Yates/Reuters
Andrew Yates/Reuters

Guardiola prevê retorno de Gabriel Jesus antes do fim da temporada

Treinador revela que está mantendo contado com o brasileiro: 'Ele estava em Nova York, estava congelando. Ele me contou'

Estadao Conteudo

31 de março de 2017 | 12h06

O técnico Joseph Guardiola afirmou nesta sexta-feira que ainda conta com Gabriel Jesus para a atual temporada do Manchester City. De acordo com o treinador, o atacante brasileiro deve estar em condições de disputar os últimos jogos do time inglês na temporada europeia. No entanto, ele evitou estipular um prazo para o retorno do jogador.

"As muletas já eram. Ele começou a caminhar, e esperamos que possa nos ajudar nos últimos jogos da temporada e na pré-temporada", disse Guardiola, nesta sexta, às vésperas da importante partida do City contra o Arsenal, no domingo, em rodada do Campeonato Inglês.

O treinador afirmou que está mantendo contato com o brasileiro para acompanhar sua recuperação. "Ele estava em Nova York, estava congelando. Ele me contou", disse Guardiola.

Após participar de eventos promocionais do City na cidade norte-americana, Gabriel Jesus voltou ao Brasil e até fez parte do seu tratamento fisioterápico nas dependências do Palmeiras, seu ex-time. Ele também visitou os colegas da seleção brasileira na concentração em São Paulo, antes da partida contra o Paraguai, no Itaquerão.

O atacante, inclusive, fez uma breve participação na transmissão da TV Globo, à qual compareceu ainda usando muletas, na noite de terça-feira. Gabriel Jesus foi o principal desfalque da seleção nos confrontos com Uruguai e Paraguai, pelas Eliminatórias, justamente por causa do problema físico.

O jogador sofreu uma fratura quinto metatarso do pé direito no dia 13 de fevereiro, em partida do City contra o Bournemouth, pelo Inglês. Pela previsão inicial, ele ficaria ao menos três meses afastado dos gramados. A lesão aconteceu justamente quando Gabriel Jesus surpreendia o time e a torcida com um grande começo no City, com gols e assistências, logo em seus primeiros jogos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.