Reuters
Reuters

Guardiola proíbe uso de internet no Manchester City

Revelação foi feita pelo lateral-direito argentino Pablo Zabaleta

O Estado de S.Paulo

05 Outubro 2016 | 12h43

Considerado um dos melhores técnicos do mundo, Pep Guardiola começa a impor seu estilo dentro do Manchester City, da Inglaterra. Engana-se, porém, quem pensa que os métodos se restringem aos gramados. Fora deles, o treinador adotou medidas para que seus atletas não percam o foco no futebol. Quem revelou foi o lateral-direito argentino Pablo Zabaleta.

"Nos cortou a internet, ficamos incomunicáveis. Nem sequer o 3G funciona", disse o jogador em entrevista à TyC Sport, fazendo referência ao período de concentração, que antecede os jogos.

Essa não foi a primeira decisão extracampo tomada pelo técnico, que logo em sua chegada cortou o consumo de pizzas e até mesmo jantares dos atletas com suas famílias após as partidas.

Ao que tudo indica, o método de Guardiola tem dado resultado, já que o time ocupa a ponta do Campeonato Inglês, com 18 pontos. Zabaleta frisou a qualidade do comandante. "Queremos sempre ser treinados pelos melhores treinadores e tenho a possibilidade de trabalhar com um dos melhores. Aprendemos muito, não só pelo seu conhecimento, mas também pela paixão com que vive o futebol", ressaltou.

Dentro de campo, o Manchester City volta a jogar no sábado, quando enfrenta o Everton, às 11h, pela competição nacional.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.