Guardiola promete responder ataque do Monaco com mais ofensividade

Jogo pela Liga dos Campeões acontece nesta quarta-feira

O Estado de S.Paulo

14 de março de 2017 | 17h02

Após vencer o Monaco por 5 a 3, em casa, no jogo de ida das oitavas de final da Liga dos Campeões, o Manchester City sabe que será alvo do forte ataque francês na partida de volta, nesta quarta-feira. O técnico Pep Guardiola, porém, não pensa em parar o rival. Dentro do seu conceito de jogo, quer responder na mesma moeda.

"Seria um grande erro, um grande erro pensar no que a gente fez e não no que a gente tem que fazer. Eles são um time top, um time top. Quando você joga contra uma equipe que marcou 123 gols e você pensa em defender, você mata a si mesmo. A melhor maneira de defender é atacar bem. Eu não conheço outro jeito", afirmou o treinador em entrevista coletiva.

No jogo de ida, o Monaco chegou a abrir 3 a 2, mas o City conseguiu a virada com três gols em 11 minutos, fazendo 5 a 3. Desde então, o time do técnico Leonardo Jardim entrou em campo quatro vezes e marcou 12 gols, mantendo sua média de três gols por partida na temporada.

"Eles não atacam com cinco, eles atacam com seis caras. Ele são fisicamente fortes e rápidos em espaços curtos. É o melhor time do mundo fazendo gols", elogiou Guardiola, repetindo o que já havia dito na véspera da partida da ida.

Tudo o que sabemos sobre:
futebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.