Guardiola quer provar sua inocência

O jogador espanhol Josep Guardiola, do Brescia, insiste que é inocente da acusação de doping, que lhe rendeu uma suspensão de 4 meses por parte da Federação Italiana de Futebol por uso do esteróide nandrolona. O advogado do jogador, assim como o do holandês Jaap Stam, que pelo mesmo motivo foi suspenso por 5 meses, vão entrar com uma ação no tribunal esportivo italiano. ?Estou seguro de que vou provar minha inocência. Jogamos o primeiro tempo, espero vencer o segundo?, disse Guardiola.

Agencia Estado,

25 de janeiro de 2002 | 09h37

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.