Paul Ellis/AFP
Paul Ellis/AFP

Guardiola se diz confiante em virada do City e elogia atuação em derrota

Citizens perdem para o Liverpool por 3 a 0, no jogo de ida pelas quartas de final da Liga dos Campeões

Estadão Conteúdo

04 de abril de 2018 | 20h22

O Manchester City foi surpreendido e acabou atropelado fora de casa pelo Liverpool por 3 a 0, nesta quarta-feira, no duelo de ida das quartas de final da Liga dos Campeões. Com o resultado, o time de Pep Guardiola precisa vencer por quatro gols de diferença na volta, terça-feira que vem, mas o espanhol mantém a confiança na virada.

+ TEMPO REAL - Liverpool 3 x 0 Manchester City

+ Barcelona goleia Roma e encaminha vaga para semifinal

"Eu acho que nesta sala não há ninguém que acredita que possamos nos classificar, a não ser este cara com o microfone, que está falando agora", declarou em entrevista coletiva após a partida. "Ainda há mais 90 minutos, nós vamos tentar. Eu acredito muito neste time. Eles me mostraram muitas coisas boas na temporada."

O próprio Guardiola, porém, admitiu que o momento era de decepção, após a derrota no Anfield Road. "Ninguém acredita que vamos passar. Nós vamos começar a nos convencer a partir de amanhã", projetou.

O City foi surpreendido por um primeiro tempo inspirado do Liverpool, que marcou os três gols em 30 minutos, com Salah, Oxlade-Chamberlain e Mané. Apesar da derrota arrasadora, Guardiola negou que seus comandados tenham jogado mal.

"Nós chegamos com uma grande personalidade, tirando 10, 15 minutos do primeiro tempo, quando perdemos o controle. Do meu ponto de vista, fomos realmente bem. Aqui, em Anfield, é sempre complicado. Até o 2 a 0, estávamos na disputa. No segundo tempo, reagimos. Fomos bem. Não criamos chance porque eles se fecharam na defesa. Precisávamos de um gol e não conseguimos marcar", considerou.

Se o treinador derrotado ficou satisfeito com sua equipe, o vencedor saiu ainda mais animado com a atuação dos comandados. O alemão Jürgen Klopp exaltou o primeiro tempo "perfeito" do Liverpool, mas negou que seu time já esteja garantido nas semifinais.

"O primeiro tempo foi perfeito. É assim que temos que jogar futebol. Sabemos da qualidade que tem o City, mas também sabemos da nossa", apontou. "Não é o resultado esperado. Fomos bem, mas no segundo tempo poderíamos ter ido melhor. Temos uma vantagem de 3 a 0 e estamos contentes."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.