Renan Cacioli / Estadão
Renan Cacioli / Estadão

Guerra vai passar por cirurgia e desfalcará Palmeiras por três meses

Meia venezuelano sofre lesão nos ligamentos da Lisfranc, na articulação do pé esquerdo

Estadão Conteúdo

28 de maio de 2018 | 18h26

O meia Alejandro Guerra vai desfalcar o Palmeiras pelos próximos três meses. O jogador teve lesão constatada nesta segunda-feira e o clube decidiu pela cirurgia no pé esquerdo do venezuelano, que só deve voltar aos gramados no fim de agosto. A operação será realizada já nesta terça, no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo.

+ Clássico entre Palmeiras e São Paulo já tem 18 mil ingressos vendidos

+ Palmeiras reduz elenco, mas aguarda possíveis chegadas no meio do ano

Guerra se machucou na derrota do Palmeiras para o Sport, por 3 a 2, no sábado, no Allianz Parque, pela sétima rodada do Brasileirão. De acordo com o clube, ele sofreu um trauma no pé. Exames realizados nesta segunda-feira constataram lesão nos ligamentos da Lisfranc, na articulação do pé.

O meia vinha ganhando oportunidades na equipe do técnico Roger Machado em razão das fracas atuações de Lucas Lima. Ambos disputavam espaço no setor. Com a lesão do venezuelano, Lucas Lima deve seguir como principal armador palmeirense pelas próximas rodadas do Brasileirão.

Foi a segunda lesão de Guerra em pouco mais de um mês. Em abril, ele sofreu uma contusão no quadril em uma choque com Michel Bastos durante treino da equipe, justamente quando ganhava boas chances entre os titulares.

Sem Guerra, o Palmeiras voltará a campo na quarta-feira para enfrentar o Cruzeiro, no Mineirão, em Belo Horizonte, pela oitava rodada do Brasileirão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.